Rio azul

06 julho 2005

Esteira e cesto

Sophia Andresen. Fonte: http://www.releituras.com/biofotos/sophia1.jpg
«No entrançar de cestos ou de esteira
Há um saber que vive e não desterra
Como se o tecedor a si próprio se tecesse
E não entrançasse unicamente esteira e cesto

Mas seu humano casamento com a terra.»

(Sophia)

0 Comentários:

Enviar um comentário

<< Home